• denuncias
  • peticionamento
  • protocolo
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • lgpd
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • Plantão Banner
    • DenuncieBanner
       
    • Confira domnios oficiais do MPT Banner
    • Escalas para atendimento de casos urgentes nos fins de semana, feriados, pontos facultativos, recessos e horários fora do expediente normal em dias úteis
    • Internauta pode preencher formulário virtual para noticiar irregularidades trabalhistas
    • Tentativas de phishing têm sido relatadas por usuários dos serviços do MPT-RN

    Dia Mundial de Combate ao Trabalho Escravo: 32 trabalhadores foram resgatados no RN em 2022

    Número é superior à soma do número de resgatados dos três anos anteriores

    Natal (RN), 27/01/2022 – Trinta e dois trabalhadores foram resgatados de condições análogas à escravidão no Rio Grande do Norte em 2022, em operações conduzidas pelos grupos móveis de fiscalização que contam com a atuação do Ministério Público do Trabalho (MPT). Entre 2019 e 2021, foram 29 resgatados no RN. Integram os grupos a Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT) do Ministério do Trabalho e Emprego, o MPT, o Ministério Público Federal (MPF), a Defensoria Pública da União (DPU), a Polícia Federal (PF) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), dentre outros órgãos.

    Em todo o Brasil, foram 2.575 trabalhadores resgatados dessas condições em 2022. De acordo com dados da SIT, os trabalhadores resgatados no RN receberam, em verbas rescisórias, pouco mais de R$ 12 mil. Felipe Guerra é o município com mais autos de infração lavrados após a constatação de situações de trabalho análogo a de escravo: submissão a trabalhos forçados ou a jornada exaustiva, sujeição a condições degradantes de trabalho, ou com restrição, por qualquer meio, de sua locomoção em razão de dívida contraída com o empregador ou preposto.

    Imprimir

    Nova direção do TRT da 21ª Região toma posse em cerimônia marcada por discursos de reconhecimento e exortação

    Nova gestão foi saudada por representantes do Ministério Público do Trabalho

    Natal (RN), 18/01/2023 – Tomaram posse, na última quarta-feira (11), os desembargadores que vão compor a nova gestão do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região para o biênio 2023-2024: desembargador Eridson João Fernandes Medeiros, presidente e corregedor, e desembargador Eduardo Serrano da Rocha, vice-presidente. Na mesma solenidade, tomou posse a desembargadora Auxiliadora Rodrigues como a nova ouvidora do TRT-RN. A cerimônia lotou o auditório do Tribunal Pleno do TRT21, com magistrados, servidores e convidados e foi transmitida ao vivo pelo canal do Youtube do tribunal trabalhista.

    A posse dos novos dirigentes encerrou a gestão da desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Wanderley de Castro, que presidiu o TRT-RN pela segunda vez, com novos desafios. “Mesmo lugar, mas tudo estava diferente. Surgiram novas demandas e um grande desafio: a pandemia da covid-19, que afetou a todos e alterou padrões. Buscamos novos caminhos e soluções para prover ao cidadão o acesso à Justiça. No período, avançamos na inovação e na transparência, chegamos ao Fórum Varela Barca, na Zona Norte, ganhamos o selo Prata do CNJ, instalamos a Ouvidoria da Mulher, tomamos medidas em observação à LGPD e ampliamos a automação”, avaliou a desembargadora, ao passar em revista sua gestão.

    Imprimir

    Escritório Social e Central Integrada de Alternativas Penais são inaugurados em Natal

    Governo do RN realizou reforma com trabalho de pessoas privadas de liberdade

    Natal (RN), 23/12/2022 – O Ministério Público do Trabalho esteve presente, na última quarta-feira (21), na solenidade que inaugurou o Escritório Social e a Central Integrada de Alternativas Penais do Estado do Rio Grande do Norte, em Natal. As unidades funcionarão no espaço onde antes ficava o Presépio de Natal, obra de Oscar Niemeyer que estava abandonada e que foi reformada com mão de obra de pessoas privadas de liberdade, com economia de cerca de 40% dos recursos para o Estado. Os equipamentos fazem parte de medidas previstas em Cooperação Técnica firmada entre o MPT-RN, o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte e o Estado do RN.

    A subprocuradora-geral do Trabalho Ileana Neiva participou da solenidade, ao lado da governadora Fátima Bezerra, do vice-governador Antenor Roberto, do secretário da Secretaria da Administração Penitenciária (SEAP), Pedro Florêncio, da vice-presidente do Tribunal de Justiça do RN, Zeneide Bezerra, bem como de representantes dos poderes Executivo e Judiciário.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • banner audin
    • Portal de Direitos Coletivos